Av. Paulista completa 120 anos decorada para o Natal e repleta de atrações turísticas




 Da época dos casarões dos barões do café até se tornar um dos pontos turísticos mais característicos da capital, a mais paulista das avenidas chega aos seus 120 anos no próximo dia 8.
 Inaugurada em 1891, a Avenida Paulista conta com diversas atrações, como museus, restaurantes, shoppings e até um parque. Na época de Natal, caminhar pela Paulista é uma experiência única, com as dezenas de decorações natalinas espalhadas pelos 2800 m do cartão postal.
Difícil é imaginar que a região, em meados de 1782, era apenas uma grande floresta denominada Caaguaçu (“mato grande” em tupi) pelos índios. Quando o engenheiro uruguaio Joaquim Eugênio de Lima comprou a área, começou a trabalhar na sua urbanização de forma inovadora, criando grandes lotes residenciais. Em 8 de dezembro de 1891 foi, a Paulista foi inaugurada como a primeira via asfaltada da cidade.

Seu desenvolvimento prosseguiu com a inauguração do Parque Villon, atualmente conhecido como Parque Trianon, em 1892. Anos mais tarde, o nome foi alterado para Parque Tenente Siqueira Campos, mas o apelido permanece. Sua área verde é remanescente da Mata Atlântica e ele apresenta espécies nativas e diversas esculturas.

Na década de 50, as construções residenciais, com seus estilos variados, começaram a ceder lugar aos edifícios comerciais. Um dos marcos da arquitetura moderna foi a inauguração do Conjunto Nacional, em 1956.A região atraiu muitos investimentos por estar bem localizada e possuir grande infra-estrutura. Todo esse interesse consolidou a avenida como o maior centro empresarial da América Latina. Devido à grande quantidade de sedes de empresas, bancos e hotéis, a Paulista recebe milhares de turistas de negócios todos os dias.

Além da vocação econômica, oferece rica variedade de programas culturais. O Masp (Museu de Arte Moderna Assis Chateaubriand) possui o acervo da arte ocidental mais significativa dos países latinos. A Casa das Rosas foi concebida em 1928 por Ramos de Azevedo nos padrões do classicismo francês. A construção onde funciona um centro cultural dedicado à poesia hoje é tombada por seu valor histórico. Na avenida, também estpa localizado o Conjunto Nacional, uma mistura de shopping center e apartamentos que abriga lojas, restaurantes, academias e uma megaunidade da Livraria Cultura.

Para quem não conhece bem a região, uma ótima opção é embarcar no Turismetrô, que promove passeios, durante os fins de semana, por vários pontos turísticos de São Paulo. Partindo da Estação Sé, o roteiro da Avenida Paulista passa pela Casa das Rosas, Parque Trianon e Masp, dentre outras, e custa o preço de duas passagens de metrô (R$ 5,80).

Serviço:

Parque Tenente Siqueira Campos - Trianon
Rua Peixoto Gomide, 949 - Cerqueira César - Centro - São Paulo (Metrô Trianon - Masp)
Tel.: (11) 3289-2160
Horário: De segunda a domingo, das 6h às 18h
Grátis

Museu de Arte de São Paulo (Masp)
Avenida Paulista, 1.578 - Cerqueira César - Centro - São Paulo (Metrô Trianon-Masp)
Tel.: (11) 3251-5644      
Site: www.masp.art.br 
Horário: De terça a domingo, das 11h às 18h. Quinta, das 11h às 20h
Preço: R$ 15 (inteira) e R$ 7 (estudante com carteirinha e idosos)
Grátis para menores de 10 e maiores de 60 anos

Casa das Rosas 
Avenida Paulista, 37 – Paraíso - Centro - São Paulo (Metrô Brigadeiro)
Tel.: (11) 3285-6986/3288-9447
Site: www.casadasrosas.sp.gov.br
Horário: De terça a domingo, das 10h às 18h
Grátis

Conjunto Nacional
Avenida Paulista, 2.073 - Cerqueira César - Centro - São Paulo (Metrô Consolação)
Tel.: (11) 3179-0190      
Site: www.ccn.com.br
Horário: De segunda a sexta, das 7h às 22h. Sábado e domingo, das 9h às 22h
Grátis


Nenhum comentário:

Postar um comentário